Namoro à distância pode dar certo?

Relacionamentos por si só já são complicados. Você tomar a decisão de se comprometer com alguém, é estar disposto a abrir mão de muitas coisas. Se for um relacionamento à distância, tudo se torna ainda mais difícil. Além das dificuldades que todo casal nessa situação enfrenta, como a ausência do companheiro, as briguinhas por causa de ciúmes ou brigas por qualquer outro motivo. Se não houver disposição, planejamento e, principalmente, se não houver amor – mais cedo ou mais tarde, devido ao desgaste, é garantido o término do namoro.

Antes de qualquer coisa, você tem que se perguntar se vale a pena. Vale a pena fazer esse sacrifício? Você ama o suficiente para que a distância não seja um obstáculo? Se você respondeu sim à essas duas perguntas, é necessário fazer um planejamento:

A ausência

É fundamental que vocês tenham o contato físico, a presença da pessoa amada por perto, mas com a distância isso se torna ainda mais difícil. Planejem os dias em que irão se ver, seja nos finais de semana, duas vezes por mês, etc. Quanto mais tempo passarem longe um do outro, mais difícil vai ser a relação. O casal deve estar ciente disso e aceitar conviver com a saudade.

É inevitável não sentir saudades quando a pessoa que você gosta não está por perto. Pra amenizar um pouco esse sentimento, a tecnologia é uma ótima opção: internet, SMS, telefone.Torne esses meios de comunicação seus maiores aliados. Marcar uma hora do dia pra conversarem, um momento que possa ser só de vocês pra colocar o papo em dia, manter a pessoa informada do que esta acontecendo em sua vida, etc. Deixe-a participar disso, isso só vai aumentar a confiança entre vocês.

Se houver algum imprevisto, aniversário, casamento ou qualquer tipo de evento que impeça que se falem durante o dia, registre esses momentos em vídeos, fotos; tire fotos suas do local onde estava e peça para que a pessoa faça o mesmo. Essas atitudes são provas de que poderão confiar um no outro. Ciúmes é algo que não podemos controlar, mas confiar é uma escolha. Se você decidiu que ele é o homem ou a mulher da sua vida, confiar no seu parceiro é fundamental.

Equilíbrio

Namorar à distância está se tornando cada vez mais comum, principalmente entre os casais jovens. Justamente nessa faixa etária dos vinte e poucos anos, idade de curtir a vida, curtir os amigos, de se dedicar aos estudos. Uma etapa que não podemos pular. Não devemos deixar de lado as horas de lazer e compromissos importantes por conta de um relacionamento. Se a pessoa mora longe, fica ainda mais complicado de ter uma vida social.

Muitos passam grande parte do seu tempo se preocupando se receberam alguma mensagem no Whatsapp, verificando de hora em hora, tornando-se dependente das redes sociais. Sem perceber, acabam se fechando nesse mundinho, onde nada parece ser mais importante do que ficar horas trocando mensagens com o seu amor. Devemos lembrar de que essa é uma das causas mais comuns de um namoro ir por água abaixo. Sem darmos conta, acabamos perdendo coisas que dizíamos ser importantes em nossa vida. Por fim, culpamos o nosso relacionamento, o que não deixa de ser uma verdade se você não souber administrar seu tempo. Afinal, tudo na vida exige equilíbrio e planejamento.

Objetivos

Tenha uma meta! Se você se envolveu com alguém mesmo estando distantes um do outro, então ainda assim quis levar esse relacionamento adiante. Se você chegou a esse ponto, é porque você o(a) ama e está a fim de enfrentar essas dificuldades para ficarem juntos. Namorar à distância é algo que desgasta, algo cansativo. Tem que querer ter uma vida a dois, pensar em um futuro casamento, imaginar uma vida ao lado dessa pessoa.

Planejar ficar junto algum dia é essencial, seja daqui a alguns meses, ou alguns anos. Tem que ter o objetivo de que daqui a um determinado tempo você vai poder finalmente estar presente na vida dessa pessoa.

A verdade é que não existem regras quando o assunto é amor. Distância não é uma barreira se você realmente ama alguém. Dificuldades se tornam pequenas perto da vontade que você tem de estar junto de quem ama. Ter um planejamento é o primeiro passo. Não sentir saudades é inevitável, principalmente nos momentos em que você mais precisar, nessas horas não vai poder contar com a presença dele, mas você deve ter consciência disso, saber que não será fácil, porém, devem ter uma perspectiva de vida de que em um futuro próximo poderão estar juntos. Dessa forma as chances de você ter uma vida ao lado do seu amor são grandes.

Vi no Pergunte a Uma Mulher