Minha Eterna Namorada

12 de junho de 2015 at 15:00 Deixe um comentário

Você é minha luz;
Meu raio, estrela e luar;
É manhã de sol, porém também de chuva;
Sabe… eu gosto de chuva;
Esquece o Iaiá ioiô.

Você é sim, mas também é não;
Se me beija na boca;
Eu tiro sua roupa e te amo no chão;
Porque um dos pequenos dorme na nossa cama.

Você é muito mais do que tudo;
É o norte em que me guio;
O exemplo em que me espelho;
É chata, ranzinza, certinha;
Toda perfeitinha.

Um amor de mulher;
Supermãe, filha, irmã, diretora;
Motorista exemplar;
Dona de casa, gostosa, esposa;
Conselheira, amiga, minha redatora.
Mulher maravilhosa, facinho de amar.

Se reclamas que só escrevo de reencontro;
Ainda não se ateu a nossa história;
Quando mudei pra cá, foi nosso primeiro;
Quando te beijei pela primeira vez o segundo;
Daí terminamos e ao voltar o terceiro;
O quarto foi mesmo no quarto;
O quinto, sexto, sétimo… as infinitas vezes que terminamos e voltamos.

Hoje, casa feita, prole a moldar;
Dividimos lágrimas e risos;
Pastel na quarta, pizza na quinta;
Às vezes nos amamos no fundo do quintal;
Algumas passamos sem amar;
Contas pra pagar e fraldas a trocar;
Sinais de uma vida atribulada;
Ei de passar 30, 40, 50, 60 anos;
E você será sempre, minha eterna namorada!

Inibmort

Entry filed under: Família, Festa, Homenagem, Inibmort, Poesia, Texto. Tags: , , , , , , , .

Viviany Beleboni Esse é fera!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Dabun’s Page


Desde 28/07/2.009

Estatísticas

  • 322,594 acessos

RSS RSS


%d blogueiros gostam disto: