Apelido

20 de maio de 2016 at 15:00 Deixe um comentário

Há algum tempo venho relutando em escrever sobre esse tema, porém não tem mais jeito, ele está
Gostaria de
Concordamos que é um tema
Caros amigos leitores, como é difícil começar a escrever sobre
Como diz uma conhecida minha, não estou enchendo “de” linguiça, porém sinto-me com dificuldades para começar a escrever, com certeza é o tema… bom… pra quem leu o título já sabe do que vamos falar.
Isso mesmo: apelidos. Quem não tem pelo menos unzinho, nem que seja o diminutivo do nome, no caso de Ana, Aninha, Junior, Juninho ou aumentativo, Carlão, Luizão.
Algumas vezes utiliza-se só a primeira ou primeiras sílabas Juliana, Ju, Luciana, Lu, Cunha… é Cunha mesmo, quase impossível usar essa regra.
Tem também quem usa as sílabas finais, Rafael, Fael, Isabel, Bel, Jandira, Dira…
Tem gente que tem (hoje tá osso)
Há pessoas que tem mais de um e outros que possuem um montão.
Veja esse caso, meu amigo chama-se Marcelo Tonnon e com certeza começaram a chamá-lo de Tonho, logo virou Toin, depois Antônio e recentemente ouvi chamarem-no de Tuníco.
Quem não conhece um Cabeça, Cabeção ou derivado, Cebola, Batata, Jaca etc…
Aqui na cidade tem um pessoal que de tanto chamar os outros pelo mesmo adjetivo, (ou seria substantivo, sempre me perco no português) ficou ele sendo lembrado pelo apelido.
Explico-me tem um amigo que chama todo mundo de “Baixinho”, um outro que chama geral de “Campeão”, hoje eles passaram a responder respectivamente por Baixinho e Campeão.
Não entendia essa coisa de alguém se referir a outro pelo mesmo apelido, porém com a idade chegando eu percebi que é muito difícil guardar o nome de todo mundo, então fica mais fácil chamar todos pelo mesmo nome, no caso o apelido.
Não quer ter apelido… difícil hein! Até o Papa tem, ou melhor o do Papa é um nome de batismo o mesmo que os reis utilizavam antigamente, só que o deles era o nome de reinado.
Mas vamos lá, não quer ter apelido ou quer se livrar desse apelido chato que a galera resolveu te nomear, na real, não tem mais jeito, se tem uma galera te chamando já era.
Porém você pode tentar, eu disse tentar, se imunizar contra um apelido que possa te chatear. A regra básica é uma só, quando te chamarem a primeira vez não vai pilhar, porque se você der corda aí já era, fica pro resto da vida, agora se conseguir disfarçar a ira e mostrar um certo jogo de cintura pode ser que acabe fazendo que esqueçam o pseudônimo.
Eu não consegui ter essa malemolência. Já na primeira vez que me chamaram eu mordi a isca que nem lobó (que é um apelido de mais uma amigo), fiquei nervoso, queria brigar, xinguei e daí não teve jeito o apelido pegou.
Tá bom… sei que tem gente que não me conhece e não sabe meu apelido, porém já deve ter uma ideia principalmente se já frequenta visita o blog com frequência (tá ficando chato esse risquinho né?).
Ficou fácil, a página é Dabun’s Page… ou página do Dabun isso é, Dabun… Bunda.
Imagina um garoto de 11 anos sendo chamado de Bunda, Bundinha, Bundão (opa! Bundão não!!!!), mas é sério, pensa na situação.
No começo foi complicado, porém com o passar do tempo eu comecei a me acostumar e pra falar a verdade gostar, afinal no meio dos Zés, Tiãos, Manés eu me destacava na multidão (grandes m…).
Mas falando sério, o apelido diferente chamava a atenção, principalmente com as garotas que queriam saber o porquê dele, e eu tinha a resposta na ponta da língua.
– Por que eu tenho a bunda testa grande!

                       Inibmort

Entry filed under: Inibmort, Texto. Tags: , , , , , , , , .

Yanna Lavigne Esse é macho

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Dabun’s Page


Desde 28/07/2.009

Estatísticas

  • 322,594 acessos

RSS RSS


%d blogueiros gostam disto: