João Gordo: “Velho, o rock está morrendo!”

19 de abril de 2017 at 10:00 Deixe um comentário

Por Bruce William, Fonte: Jornal Opção

“Cara, eu sou um senhor de 53 anos. O João Gordo do Crucificados era um moleque de 20 anos completamente louco e ignorantão, tá ligado?”. Esse é o mote da conversa de João Gordo (Ratos de Porão) com Augusto Diniz (365 Shows), publicada no Jornal Opção, leia abaixo alguns trechos:

O punk tem força no Brasil principalmente em um momento de luta contra a Ditadura, de reabertura e retomada de direitos civis, políticos e liberdade para sociedade de forma geral. Como que o hardcore e punk hoje podem protestar, ainda mais com cenário atual?

Cara, hoje em dia, velho, não tem muito o que se fazer, tá ligado, meu? Com música. Quem escuta esse tipo de som é a minoria. Não tem muito público. Ainda mais música tipo o Ratos, saca, meu? O moleque novo aí que monta uma banda nova, tá ligado, e vai penar para crescer, tem a divulgação toda, sacou, meu? Mas não rola, cara. A nossa visão daquela época a gente era influenciado pelo o que estava acontecendo.

As letras do Ratos, cara, eu falo do que está acontecendo ao meu redor. E a partir de agora, desse disco Século Sinistro para cá, eu tenho muito material para escrever, cara. Muito assunto, muita coisa doida, tá ligado, que eu não pus em prática porque eu não sentei pra escrever. Mas o padrão político que se volta ao meu lado e os bagulhos sociais, cara, que me influenciam a escrever e fazer nosso tipo de protesto que de algum modo abrem os olhos de um monte de gente.

Então o próximo disco já está no forno?

Cara, a pior coisa do mundo é o Ratos ensaiar, cara. Cada um mora em um canto, cada um tem família, meu, e é difícil a gente ensaiar. Então a gente vai lançar um compacto agora com umas músicas do Terveet Kädet (Finlândia), cara. Mas para sentar e fazer música vai demorar um pouco.

É um século sinistro não só na política mas na música, principalmente para o rock no momento que o mercado musical vive?

Velho, o rock está morrendo, cara. Na hora que morrerem os dinossauros. Vai morrer o Ozzy (Osbourne), vão morrer os Led Zeppelin, vão morrer todos os AC/DC, aí vai morrer o Queen, já começa a morrer os punks. E aí eu morro e morre o Max Cavalera. Vai sobrar quem, meu irmão?

Leia a matéria na íntegra no link abaixo.
http://www.jornalopcao.com.br/opcao-cultural/365-shows/joao-…

Comente: Desesperador, não?

Vi no Whiplash

Entry filed under: conhecimento, Música, Outros Blogs, Política, Rock, Texto. Tags: , , , , .

Yareta, uma das plantas mais antigas do mundo Pietra Príncipe

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Dabun’s Page


Desde 28/07/2.009

Estatísticas

  • 327,179 acessos

%d blogueiros gostam disto: