Árbitro de Vídeo

7 de julho de 2017 at 10:00 Deixe um comentário

Resultado de imagem para arbitro de video

Todos os dias surge alguma novidade no mundo, tudo se renova, o que fica parado se estagna, literalmente não avança.
O mesmo ocorre com o esporte que consolidou a alcunha do nosso país.
O futebol não passa por uma grande transformação desde da Copa de 1970, quando pela primeira vez foram utilizados os cartões amarelo e vermelho.
A imposição pela caneleira, o acréscimo dos minutos no final de cada período ou uma ou outra mudança menos significativa, são sim mais recentes, porém não causaram um grande impacto.
Entretanto o árbitro de vídeo, que foi utilizado pela primeira vez no Mundial de Clubes da Fifa realizado no Japão o ano passado, parece que agora veio para ficar.
Quem vem acompanhando a Copa das Confederações, já vai se familiarizando com as novas situações que estão ocorrendo em decorrência desse artifício que os árbitros auxiliares estão utilizando para rever lances erroneamente interpretados pelo homem do apito.
Tudo ainda é muito novo, porém o que se tem de concreto é uma sala dotada com equipamentos de vídeo aonde outros três árbitros analisam os lances por diversas câmeras e quando surge uma dúvida eles têm que tomar uma rápida decisão e informar o juiz que fica dentro do campo se o jogo deve ser paralisado e corrigir uma jogada ou se segue o jogo.
Infelizmente alguns empecilhos vem de encontro a esta extraordinária modificação.
Primeiro, os detentores dos direitos de transmissão não aprovam que uma partida de futebol dure mais que duas horas, afinal a grade de programação não pode ser alterada, diferente de um jogo de futebol americano que pode durar até quatro horas, as redes de televisão, principalmente as abertas não podem atrasar a “próxima atração”.
Por isso, a pressão cai em cima do árbitro de vídeo, que terá segundos para analisar um lance crucial.
Muitos vão opinar que as constantes paralisações podem prejudicar a dinâmica do jogo.
Já acompanhei algumas mesas redondas e não ouvi nada a respeito do que já acontece nos esportes que utilizam dessa tecnologia.
No tênis, vôlei e no futebol americano que são esportes que eu sempre apreciei, o pedido de revisão de uma jogada cabe ao time ou atleta que sente-se prejudicado. Exemplo: no tênis quando um jogador acredita que a bola que o juiz anotou fora, caiu dentro da quadra ele pede o auxílio da imagem, se ele estiver correto mantém a chance de pedir uma nova revisão, caso contrário perde-se uma das duas oportunidades que tem direito a cada set.
O segundo vem de encontro aos hipócritas que com certeza gostam de levar vantagem em tudo, ao afirmar que sem aquele erro da arbitragem os programas esportivos iriam por água a baixo. Afinal não teriam mais o que comentar.
São bilhões de reais envolvidos nessa paixão nacional intitulada futebol, são vidas desperdiçadas nas batalhas de torcidas rivais, quantas pessoas estão envolvidas com o esporte bretão em nosso país, de ambulantes que vendem souvenires ao centro-avante capaz de calar um estádio de futebol e ao mesmo tempo incitar uma nação.
Agora Vossa senhoria vem nos dizer que o erro faz parte do folclore do futebol?!?
Tenha paciência!
Outro fator que me deixa com uma pulguinha atrás da orelha é que no momento em que essa tecnologia fizer-se obrigatória, toda partida oficial vai ter que utilizá-la, seja na final da Copa do Mundo ou numa partida da terceira divisão do campeonato mato-grossense. E daí eu me pergunto: será que teremos condições para bancar essa inovação?
Infelizmente não dá pra corrigir os erros do passado, esses irão ficar gravados na memória dos que venceram, mas principalmente dos que foram prejudicados.
O que vou continuar torcendo é para um mundo justo e se essas mudanças vierem para acabar com as dúvidas que rondam os estádios de futebol, que seja bem vinda!

               Inibmort

Entry filed under: conhecimento, Esporte, Futebol, Inibmort, Tecnologia, Texto. Tags: , , , , , , , , , .

Katherine Heigl Inteligência artificial pôs à prova psicografia de Chico Xavier

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Dabun’s Page


Desde 28/07/2.009

Estatísticas

  • 333,969 acessos

RSS RSS


%d blogueiros gostam disto: