Posts tagged ‘Curiosidade’

10 consoles e portáteis que não fizeram muito sucesso

Quem gosta de video-games já viu muitos consoles e portáteis criarem uma enorme expectativa no público e falharem miseravelmente. Outros, ainda, fracassam sem nem mesmo terem seus nomes conhecidos. Sendo gamer ou não, conheça dez desses que poderiam ter sido um sucesso de vendas, mas não chegaram a passar de fase:

10. PSX
Também conhecido como Playstation X, foi lançado pela Sony no Japão em 2003. O console acumulava diversas funções, como gravador de DVD, reprodutor de músicas e até editor de vídeo. Mas nunca chegou a empolgar e em 2005 teve sua produção descontinuada.

9. Gizmondo
Apesar de ser bem moderno para a época, o portátil lançado em 2005 fracassou graças à estratégia errada de distribuição (ele só podia ser adquirido em quiosques próprios) e os pouquíssimos jogos disponíveis (apenas 14). No total, vendeu míseras 25 mil unidades.

8. Nomad
Foi a tentativa da Sega de criar um portátil em 1995. O problema é que ele ficou grande e pesado, porém com uma tela pequena. Para piorar, não era tão portátil assim, já que ele consumia pilhas muito rápido, fazendo com que muitos jogadores preferissem utilizá-lo na tomada. Vendeu 1 milhão de unidades.

7. Panasonic Q
Criado pela Panasonic em parceria com a Nintendo, esse console transformou o Gamecube em um aparelho que, além de rodar jogos, também era capaz de reproduzir DVDs, CDs de áudio, MP3s, dentre outras funções. Não chegou a vender 100 mil unidades em seus dois anos de vida.

6. Wii U
Apesar de ter vendido 14 milhões de unidades, a intenção da Nintendo era que ele superasse as 101 milhões de vendas do Wii. Logo após sua apresentação, porém, o mercado não se animou e as ações da Nintendo caíram 5,7%.

5. Lynx
O produto da Atari surgiu em 1989 como um concorrente do primeiro Game Boy mas, apesar de ter configuração superior, não foi capaz de fazer frente ao portátil da Nintendo.

4. XaviXPORT
É verdade que o Nintendo Wii revolucionou os games com seus controles por movimentos, mas vale ressaltar que o XaviXPORT foi o primeiro a utilizar o conceito. Porém, mesmo sendo lançado dois anos antes do Wii, não chegou nem perto de fazer o mesmo sucesso.

3. Pippin
Fruto de uma parceria entre Apple e Bandai, o console foi apresentado ao público em 1995. Apesar de ser moderno e contar com um modem, não chegou a empolgar, já que era difícil navegar na internet com ele. Também teve poucos títulos disponíveis.

2. N-Gage
Lançado em 2003, o aparelho da Nokia funcionava como celular e como console, mas era terrível em ambos. Além da falta de bons jogos, era necessário retirar a bateria para poder trocar o cartucho. Além disso, era incrivelmente bizarra a maneira de utilizá-lo para conversar.

1. Zeebo
Em 2009 a Tectoy lançou o console originalmente brasileiro, que foi um dos primeiros a não utilizar nenhum tipo de mídia física para a comercialização de jogos. Porém, o projeto não decolou e acabou sendo encerrado dois anos depois.

Vi no Lista 10

11 de dezembro de 2017 at 9:00 Deixe um comentário

O COMPUTADOR DE 17 REAIS! – Raspberry Pi Zero

Pra quem tá duro que nem eu!

5 de dezembro de 2017 at 9:00 Deixe um comentário

10 empresas que começaram em garagens

Muitas empresas de sucesso tiveram um começo bem humilde. Se hoje elas faturam bilhões anualmente, essa era uma realidade bem distante quando elas foram fundadas. Conheça, então, dez grandes empresas que iniciaram sua jornada em garagens e hoje são exemplos para qualquer empreendedor:

10. Amazon
A maior varejista online do planeta foi fundada em 1994, quando Jeff Bezos largou seu emprego em Wall Street para investir naquela tal de internet que estava começando na época. Ele comandava toda a operação na garagem de sua casa e marcava reuniões com clientes na livraria Barnes & Noble.

9. Grow
A famosa fabricante de jogos de tabuleiro nasceu em uma garagem no bairro da Mooca, em São Paulo. Com o sucesso de War, Super Trunfo e outros jogos, a empresa cresceu e se tornou uma das gigantes do setor de brinquedos no Brasil.

8. Dyson
Na tentativa de criar um aspirador de pó com melhor desempenho, James Dyson passou 5 anos trabalhando em sua garagem. Após 5.127 protótipos, o britânico chegou onde queria e hoje sua empresa fatura mais de 2 bilhões de dólares anualmente.

7. Lukscolor
Domingos Potomati, então com 23 anos, era um pintor de carros de luxo que tinha o sonho de ter sua própria fábrica de tintas. Em 1949 ele inaugurou a Oxford, sua sonhada fábrica, que funcionava em sua garagem. Em seguida a marca mudou de nome para Luxforde e, posteriormente, Lukscolor.

6. HP
Bill Hewlett e David Packard ainda eram estudantes na Universidade de Stanford quando se conheceram, em 1934. Já em 1939 eles abriram sua empresa em uma garagem em Palo Alto, California, com apenas 538 dólares. Um de seus primeiros clientes foi a Walt Disney Company.

5. L’Occitane
A marca de cosméticos surgiu em 1976, quando o jovem estudante Olivier Baussan transformou sua garagem em uma destilaria, com a finalidade de produzir óleo de alecrim. Seu produto era vendido em feiras e teve uma aceitação tão grande que a empresa começou a crescer rapidamente.

4. Oakley
A fabricante de óculos esportivos foi fundada em 1975, por Jim Jannard. Ele investiu 300 dólares para iniciar a operação na garagem de sua casa e deu esse nome à empresa em homenagem ao seu cão.

3. Arezzo
A tradicional marca de calçados foi fundada em 1972 pelos irmãos Anderson e Jefferson Birman, que na época produziam cerca de 50 pares de sapatos por semana na garagem de sua casa. O nome da empresa remete à uma cidade italiana e foi escolhido ao acaso, apontando para um mapa.

2. Mattel
Foi criada em 1945, na California, na garagem do casal Elliot e Ruth Handler. Ruth havia acabado de criar a boneca que se tornaria sensação mundial e que recebeu o apelido da filha do casal: Barbie.

1. Apple
Em 1976 Steve Wozniak, Steve Jobs e Ronald Wayne fundaram a Apple Computers INC., na cidade de Los Altos, na California. O nome da empresa foi inspirado por uma visita de Jobs a uma fazenda de maçãs, quando ele ainda fazia dieta frutarianista.

Vi no Lista 10

4 de dezembro de 2017 at 10:00 Deixe um comentário

Por que você nunca deve beber café de barriga vazia

Uma recente pesquisa revelou que um dos hábitos mais tradicionais do brasileiro – de tomar café puro pela manhã – não é uma boa ideia

Quente ou gelado, forte ou fraco: tomar café é um dos hábitos mais tradicionais do brasileiro. Ao todo, 80% da população saboreia ao menos uma xícara por dia, segundo a Fipe. Inúmeras pesquisas já revelaram os benefícios da bebida, como a diminuição da mortalidade entre os amantes da cafeína e a proteção do cérebro contra a demência. Mas, embora não haja nada de errado no consumo constante, você deve se esquecer de bebê-lo de estômago vazio.

De acordo com uma pesquisa publicada pela revista americana Reader’s Digest, essa prática pode prejudicar o sistema digestivo, já que o café, quando entra em contato com o estômago, produz ácidos estomacais que podem danificar as paredes do próprio órgão, causando indigestão e azia.

Além disso, segundo a publicação, tomar café com o estômago vazio altera todo o ciclo circardiano do corpo. Ou seja, o relógio biológico deixa de funcionar de formar eficaz, devido à alteração nos níveis de cortisol – hormônio que mantém o corpo alerta e com energia. Parece contraditório, já que o senso comum acredita que é só por meio do café que o corpo acorda. Mas, na maioria das vezes, a bebida pode atrasar todo o funcionamento biológico para um bom começo de dia.

Segundo o médico e diretor da PushDoctor.co.uk, Adam Simon, em entrevista ao site britânico Express, essa rotina pode potencializar o nervosismo, a ansiedade e outros efeitos colaterais, incluindo alterações de humor. “O café também pode aumentar a freqüência cardíaca, irritabilidade e incapacidade de se concentrar”, completou. Ele recomenda que a prática seja alinhada com um café da manhã balanceado e saudável.

Este conteúdo foi publicado originalmente em Exame.com

Vi na Superinteressante

14 de novembro de 2017 at 10:00 Deixe um comentário

7 rituais macabros já realizados para comemorar o Halloween

Nandy

Até pouco tempo não era algo tão difundido em nosso país, mas a cada ano que se passa é um evento que ganha mais força, até mesmo por sua questão comercial. Por outro lado, é algo bastante lembrado em várias partes do mundo desde a era medieval. Inúmeros rituais macabros eram realizados durante as primeiras festividades ao Halloween (na época, conhecido como “Samhain”) realizadas na história.

Surgimento dos mortos

Muitos povos acreditavam que durante o Halloween as portas de um mundo sobrenatural que abrigava o mundo dos mortos. Neste dia, as almas dos entes queridos sairiam vagando pelo mundo dos vivos em busca de algo. E alguns lugares, as pessoas pareciam ter piedade dos mortos e deixavam  comida na porta de casa para alimentar suas almas penadas, enquanto outros deixavam a porta aberta. Alguns chegavam a preparar um lugar para que os mortos descansassem.

Bom, nem todos os mortos agiam de forma pacífica. Segundo uma lenda da Irlanda, assim que o portal dos mortos era aberto, emergia uma criatura nomeada de Aileenm, que poderia queimar toda a cidade se ficasse enfurecida. Em alguns lugares, as pessoas passavam o Halloween trancadas dentro de casa com medo desse espírito ruim.

Espíritos que preveem o futuro

Durante o Hallloween as pessoas costumavam invocar espíritos na esperança de que eles pudessem lhes contar sobre o futuro. Queriam saber se a prosperidade ou o infortúnio os aguardava. Era algo chamado de feitiçaria. Existiam várias formas de invocação, dentre elas, uma que consistia em meninos que deveriam ir até um celeiro e jogar milho no chão 3 vezes. Depois da terceira vez, um espírito passaria pelo local e tomaria a forma de adulta dos garotos que estivessem ali.

Fadas sequestradoras

Existia a lenda de que no Halloween fadas sairiam de seu mundo e andariam em direção à terra dos mortais. Pode parecer um belo momento mágico e parecido com o filme da Tinker Bell, mas era bem o contrário. Essas fadas eram monstros assustadores, lideradas pelo Rei dos Mortos. Elas cavalgariam com um exército de cães infernais em meio a nuvens tempestuosas, na intenção de fazer os recém-mortos se juntarem a eles. O pior de tudo na lenda, é que nada os impedia de fazer com que um recém-morto fosse usado naquele exato momento. Muitas famílias ficavam trancadas dentro de casa com medo do grupo de terror.

Criaturas da caverna

Oweynagat, também chamada de “a caverna dos gatos”, sem dúvida já foi considerado um dos lugares mais perigosos durante o Halloween. Segundo o que dizem as lendas, a Rainha das Fadas (ou mãe terra, de acordo com variações da lenda) teria parado neste local depois de ver todas suas criaturas vivas. Então teria adotado a caverna como sua morada. O terrível na história é que o local teria sido habitado também por espíritos malignos.

Durante o período medieval, muitas pessoas relatavam sobre o avistamento de criaturas macabras saindo de dentro da caverna. Durante o Halloween, muitos alegavam que gatos demoníacos saíam de dentro para atacar as pessoas das cidades.

Pessoas bebiam muito

Na era medieval, o Halloween marcou uma das últimas grandes safras que aconteceriam antes do inverno. Os grãos de cevada seriam completamente perdidos, visto que não haviam local para armazenamento. Como resultado, as pessoas da época bebiam bastante bebidas alcoólicas. Durante o dia das Bruxas, as pessoas passaram ficavam extremamente bêbadas. Isso ficou tão marcado que todas as histórias irlandesas antigas que mencionavam a embriaguez, se passavam durante o Halloween.

Pessoas vestidas como os mortos

Assim como o Halloween de hoje em dia, na era medieval as pessoas também costumavam se vestir como os mortos, no entanto, era algo muito mais bizarro. Elas pintavam o rosto na cor preta e cobriam o restante do corpo com palha. Desta forma, acreditavam que os espíritos vagantes os confundiriam com outros espíritos. Outros ainda matavam animais e utilizavam sua pele. Geralmente, quando você escutava o grito agonizante dos porcos, era sinal de que as festividades de Halloween tinham acabado de começar.

Sacrifício de crianças

Durante as primeiras festividades de Halloween, o sacrifício infantil era algo bastante comum. As lendas irlandesas contam que os deuses  exigiam esse tipo de sacrifício durante o festival. Supostamente, as pessoas deveriam abrir mão de um terço de todos os seus bens no início do inverno, incluindo os filhos. De acordo com a lenda, existia um lugar chamado de Mag Slecht, próprio para sacrificar as crianças.

Vi no Acredita Nisso

31 de outubro de 2017 at 10:00 Deixe um comentário

5 Truques Que Todo Mundo Deveria Saber

Tampa pro esqueiro é o melhor

30 de outubro de 2017 at 10:00 Deixe um comentário

10 antes e depois de grandes atores dos anos 80

Eles são os ícones de alguns filmes de Hollywood e já nos presentearam com interpretações espetaculares na década de 80, mas muitos ainda continuam até hoje nos surpreendendo com atuações incríveis, sejam em séries ou em longas da sétima arte. Confira 10 antes e depois de grandes atores dos anos 80.
.
1. Crispin Glover

2. Chevy Chase

3. Steve Martin

4. Michael Keaton  

5. Rob Lowe 

6. Isabella Rossellini

7. Sissy Spacek

8. Lori Singer

9. Jennifer Grey

10. Molly Ringwald      

 .
Vi no Blog do Herói
.

23 de outubro de 2017 at 10:00 Deixe um comentário

Posts antigos


Dabun’s Page


Desde 28/07/2.009

Estatísticas

  • 336,338 acessos

RSS RSS