Posts tagged ‘Futebol’

Fair-play

Imagem relacionada

Essa semana o caso “Rodrigo Caio” voltou a tona. Durante uma entrevista, o ex-goleiro “mito” Rogério Ceni, hoje técnico do São Paulo Futebol Clube, colocou em dúvida a escalação do zagueiro do seu time para a seleção brasileira.
Com o seguinte depoimento: “Talvez o Rodrigo e o Tite sejam pessoas melhores que eu. Dentro do calor do jogo, com objetivo sempre da vitória…” “…Se eu fosse treinador da Seleção, eu o levaria pelo futebol que joga, não pela atitude de tomar um cartão, porque senão daqui a pouco cada um que acusar cartão tem que ser convocado.” Deu-se a entender que Rodrigo estaria sendo escalado pelo belo gesto que realizou na semifinal do Campeonato Paulista e não pela bola que joga.
Gesto esse que lhe rendeu elogios não só de repórteres e jogadores brasileiros, mas de diversas personalidades mundo afora.
Pra quem ainda não sabe o que se passou. Foi no primeiro jogo da semifinal do Campeonato Paulista, quando numa bola disputada na área do time tricolor o atacante Jô do Corinthians fora punido com o cartão amarelo, cartão esse que o tirava do jogo de volta, pelo acúmulo de três cartões. Só que o zagueiro Rodrigo Caio assumiu que foi ele quem tocou no goleiro e no mesmo instante o árbitro retirou o cartão e parabenizou o jogador pela HONESTIDADE.
Pra piorar a situação, no jogo de volta o atacante Jô, que acabou jogando por não ter acumulado o terceiro cartão amarelo, fez o gol que acabou com as esperanças do tricolor de ir para as finais.
Num mundo de “Eu gosto de levar vantagem em tudo” o gesto de nobreza visto em rede nacional ainda provoca reações adversas.
Não foram poucos que se revoltaram com a atitude do jogador. E olha que não estou citando apenas atletas e torcedores do São Paulo, ouvi pessoas declamando que tem que ter malícia no esporte, que no amor e na guerra vale tudo, como se o futebol fosse um campo de batalha.
Esquecem-se que nossos filhos acompanham as partidas do esporte bretão desde tenra idade, apaixonados pelos escudos e cores de seus times muitos não perdem nenhuma partida, com certeza prestam mais atenção a cada lance do que as lições descritas no quadro negro.
Seria essa a educação que queremos dar as gerações vindouras? O exemplo entoado por Bezerra da Silva que “malandro é malandro e mané é mané”. Com certeza queremos um mundo livre de manés, entretanto sabemos que a vida do malandro tem dois desfechos: cemitério ou cadeia.
Estamos acompanhando uma das eras mais obscuras na política nacional. A todo momento um novo nome aparece ligado à extorsão de cifras milionárias, quiçá bilionárias.
De mega empresários a presidentes da república, todos chafurdados na lama pútrida da corrupção.
O que vamos deixar para os nossos filhos e netos? E eu como espírita crente na lei da reencarnação, espero voltar pra esse planeta. O que vai restar pra mim?
Não da pra esperar mais, chegou a hora de arregaçarmos as mangas e lutarmos para que possamos ter um futuro digno.
Indiferente de que clube você torce, qual o seu partido político ou a fé que professa, precisamos nos unir, acreditar que ainda dá tempo.
Tempo de transformar esses serezinhos que nos são confiados pelo Pai Maior em homens e mulheres de bem. E só tem um jeito de fazermos isso; Dando o exemplo!

           Inibmort

27 de maio de 2017 at 16:00 Deixe um comentário

10 pesquisas que confirmam que o povo brasileiro é muito rico ou otário

Das duas uma: ou o povo brasileiro é muito rico e esqueceram de nos avisar ou somos muito bobos mesmo. Quer entender melhor o que estamos falando? Essas são dez pesquisas que vão te deixar pensando sobre isso:
.

10. Ingresso de cinema
Um levantamento feito por um professor da Escola de Economia de São Paulo constatou que nossas entradas para o cinema são umas das mais caras do planeta. Foi feito um cálculo que determinou quantas horas um cidadão precisaria trabalhar para pagar o ingresso e o resultado não foi nada satisfatório comparado a outros países.1

9. Minuto de celular
A União Internacional de Telecomunicações, òrgão ligado a ONU, averiguou que estamos em um dos países mais caros do mundo para se falar no celular. Esse custo médio era de US$ 0,53 em 2014.
2

8. Ingresso de futebol
O país do futebol é o mais caro em termos de entradas para jogos. Um estudo da Pluri Consultoria avaliou o preço e o poder de compra de vários países e, nesse quesito, somos campeões.
3

7. iPhone
O povo daqui ama um iPhone, mesmo que custe os olhos da cara. Vai dizer que não? Segundo o relatório  “Mapeando preços do mundo” de um banco alemão, os brasileiros são os que pagam mais caro pelo celular da maçã.
4

6. Telefonia fixa
O aparelho de celular é caro e o minuto também. Com a telefonia fixa não é diferente. Uma pesquisa do site Melhor Escolha revelou que nós pagamos até 20 vezes mais que os moradores dos Estados Unidos.
5

5. Carro
Até pra dirigir está difícil. Um levantamento da corretora de financiamento CarFinance247 mostrou que o brasileiro paga mais caro por um carro novo do que em outros países. E isso sem considerar o poder de compra relativo de cada um deles.
6

4. Gasolina
O carro caro precisa de combustível pra andar. A entidade Global Petrol Prices revelou que a gasolina do Brasil tem um dos preços mais elevados do mundo com média de US$  1,07 por litro.
7

3. Internet
Carro tá caro, gasolina também. Quer ficar em casa pra se divertir? Um estudo da FGV que avaliou 15 países apontou a nossa banda larga como a segunda mais cara, perdendo apenas para a Argentina.
8

2. Flanelinha
Sim, até isso já foi avaliado. A Universidade Federal de Sucre, na Bolívia, estudou o custo do serviço em 26 países e o mais caro começa com “Bra” e termina com “sil”.
9

1. Parlamentar
Não poderia ser diferente. Um estudo da ONU e UIP (União Interparlamentar) indicou que um parlamentar brasileiro custa US$ 7,4 milhões por ano, perdendo só para os Estados Unidos. E aí? Somos otários ou muito ricos?
10

Vi no Lista 10

20 de fevereiro de 2017 at 14:00 Deixe um comentário

Os Gols Mais Bonitos de 2016

23 de janeiro de 2017 at 14:00 Deixe um comentário

Sem Neymar, seleção da Fifa tem Daniel Alves pela 6ª vez e Marcelo pela 3ª

622 cc770f7c 8c55 3b97 bcdc 84e2b6e17605

Os 11 melhores: veja a ‘seleção do mundo’ eleita pela Fifa

Os laterais Daniel Alves e Marcelo foram premiados pela Fifa, no início da cerimônia dos melhores do mundo, em Zurique, na Suíça, nesta segunda-feira. Eles foram incluídos entre os 11 melhores jogadores do planeta. Já Neymar foi ignorado.

Os escolhidos em votação da Fifa foram: Neuer (Bayern Munique); Daniel Alves (Juventus), Piqué (Barcelona), Sergio Ramos (Real Madrid) e Marcelo (Real Madrid); Kroos (Real Madrid), Modric (Real Madrid) e Iniesta (Barcelona); Messi (Barcelona), Cristiano Ronaldo (Real Madrid) e Suárez (Barcelona).É a sexta vez que Daniel Alves é premiado, repetindo 2009, 2011, 2012, 2013 e 2015. Já Marcelo está pela terceira vez (2012 e 2015).

Já entre os clubes a premiação aumentou a disputa entre Real Madrid, com cinco eleitos, e Barcelona, com quatro. Na história, o Barça é a agremiação com mais jogadores premiados: 42. Já os merengues tiveram até hoje 29.

 622 3746fd4a 0039 3143 8ac4 72b924f0a90f
Melhor lateral direito do mundo pelo 6º ano, Daniel Alves exalta jogadores acima dos 30 anos

O Brasil sempre teve representantes entre os 11 melhores do mundo.

Foram três brasileiros em 2005; dois em 2006; dois em 2007; um em 2008; um em 2009; dois em 2010; um em 2011; dois em 2012; dois em 2013 e dois em 2014.

A premiação realizada há um ano incluiu quatro brasileiros, sendo o melhor ano. Foram eleitos Daniel Alves, Thiago Silva, Marcelo e Neymar, que estava entre os três finalistas ao prêmio individual de melhor do mundo (ficou em terceiro).

Vi na ESPN

10 de janeiro de 2017 at 14:00 Deixe um comentário

Bola de Prata

Com seis palmeirenses e Cuca, veja como ficou a seleção da Bola de Prata

622 f27a4212 5c50 3479 865c 45335700cd78
Bola de Prata: Gabriel Jesus conquista a Bolo de Ouro

Sete meses e 380 jogos depois, chegou a hora de premiar os melhores do Campeonato Brasileiro. E essa é a missão do tradicional Prêmio ESPN Bola de Prata SPORTINGBET, concedido pelos canais ESPN em parceria com a Revista Placar desde 1970, o ano do primeiro torneio nacional no atual formato.

Veja como ficou o time e clique aqui para ler sobre cada um e ver os cinco melhores de cada posição!

Especiais

REGULAMENTO DO BOLA DE PRATA

Jornalistas da Placar e da ESPN assistem a todas as partidas do Brasileirão e atribuem notas de 0 a 10 aos jogadores. Receberão a Bola de Prata os craques que tenham sido avaliados em pelo menos 16 partidas. Jogadores que deixaram o clube antes do fim do campeonato estarão fora da disputa. Em caso de empate, leva o prêmio quem tiver o maior número de partidas. Ganhará a Bola de Ouro aquele que obtiver a melhor média.

Vi na ESPN

20 de dezembro de 2016 at 8:00 Deixe um comentário

Campeão Mundial

Com três gols de Cristiano Ronaldo, Real Madrid é campeão do Mundial de Clubes Fifa

Após empate no tempo regulamentar, time espanhol derrota o Kashima Antlers por 4 a 2 e leva o quinto título de sua história

Com três gols de Cristiano Ronaldo, Real Madrid é campeão do Mundial de Clubes Fifa KAZUHIRO NOGI/AFP

Foto: KAZUHIRO NOGI / AFP 
.

O Real Madrid sofreu mais do que esperado para conquistar o título mundial, mas contou com o talento de Cristiano Ronaldo, autor de três gols na vitória por 4 a 2 na prorrogação sobre o valente anfitrião Kashima Antlers, neste domingo, em Yokohama.

No estádio em que a seleção brasileira conquistou o penta em 2002, o atual campeão europeu também chegou ao topo do mundo pela quinta vez. O Real conquistou três Copas Intercontinentais (1960, 1998 e 2002), torneio que colocava frente à frente os campeões da Europa e da América do Sul, e um troféu no formato atual do Mundial de Clubes, já com a participação de times de todos os continentes, em 2014.

Vi no ZH Esportes

19 de dezembro de 2016 at 9:00 Deixe um comentário

Retrospectiva Esportiva 2016

Resultado de imagem para esportes

Das Olimpíadas ao desastre em Chapecó, da aposentaria de Kobe Bryant e Peyton Manning ao nono título palmeirense, acompanhe um resumo do que aconteceu no mundo dos esportes em 2016.
Já no segundo dia do ano, encerrando-se em 25 de janeiro, dia do aniversário da cidade de São Paulo, ocorreu a tradicional Copa São Paulo de Futebol Júnior, com 111 times de todo Brasil e o Pérolas Negras do Haiti. O Flamengo do Rio de Janeiro tornou-se tri-campeão ao vencer o Corinthians nos pênaltis por 4 x 3, após o empate de 2 x 2 no tempo normal.
Já no dia 07 de fevereiro o Levi’s Stadium, em Santa Clara, Califórnia recebeu a 50ª edição do Super Bowl, a final do Futebol Americano, aonde se confrontam o campeão da Conferência Nacional e da Conferência Americana. O Denver Broncos venceu o Carolina Panthers por 24-10 e viu seu quarterback Peyton Manning dizer adeus aos campos.
No dia 20/04 O Fluminense venceu o Clube Atlético Paranaense por 1 x 0 e sagrou-se o primeiro campeão da Primeira Liga formada por alguns times cariocas, mineiros e clubes do sul do país.
No comecinho de Maio os campeonatos regionais e estaduais mais importantes do país se encerravam, premiando os campeões: Na Bahia deu Vitória pela 28ª vez, No Ceará foi o 41º título do Fortaleza, Goiás, o 26º do time homônimo, o América levou em Minas pela 16ª vez, no Paraná foi o 23º do Atlético Paranaense, no Rio o Vasco conquistou seu 24ª campeonato, o Internacional de Porto Alegre conquistou seu 45º título, o 6.º seguido, Em São Paulo o Santos foi bi-campeão e chegou a sua 22ª conquista, já em Santa Catarina a Chapecoense consegui seu 5.º título.
Na noite de 13/04 a estrela do Los Angeles Lakers, Kobe Bryant, que tem o título de terceiro maior pontuador da NBA e cinco campeonatos conquistados aposenta-se. Já em Junho aconteceu o último jogo das finais da NBA, a liga de basquetebol americano. Aonde o Cleveland Cavalier venceu o sétimo jogo sobre o Golden State Warrior e com o resultado de 4 x 3 tornou-se campeão pela primeira vez. Muito dessa conquista deve-se a LeBron James que foi eleito o melhor jogador da finais.
Os jogos olímpicos vieram provar a grandeza do país no quesito organização. Pelo menos no que se diz em fazer um evento esportivo nosso país tirou nota 10, tanto na Copa do Mundo em 2014 quanto nas olimpíadas e paralimpíadas.
Os destaques foram a maravilhosa abertura elogiada no mundo inteiro, o terceiro ouro nos 100, 200 metros e revezamento de Usain Bolt, as três medalhas do remador Isaquias Queiroz, tornando-se o brasileiro que mais medalha ganhou numa edição dos jogos, O extraterrestre Michael Phelps que arrebatou mais cinco medalhas de ouro e uma de prata, a emoção do tenista sérvio Djokovic, A ginasta Americana Simone Biles que levou cinco medalhas, 4 de ouro, O primeiro ouro do futebol canarinho, nosso vizinho, o Mariliense Thiago Braz, que ganhou o ouro no salto com vara, a prata nas argolas de Arthur Zanetti, o tri-campeonato do vôlei masculino, A prata de Diego Hypólito e o bronze de Arthur Nori inéditos no solo individual, Robson Conceição foi ouro no boxe até 60 kg, a dupla brasileira Martine Grael e Kahena Kunze chegou na 1ª posição na última regata da classe 49er e garantiu o ouro, Alison e Bruno venceu os italianos Paolo Nicolai e Daniele Lupo por 2 sets a 0 na final do vôlei de praia e conquistou o ouro, a judoca Rafaela Silva também é ouro.
Já na Paralimpíadas o país ficou em 8º lugar, com 14 medalhas de ouro, 29 de prata e 72 de bronze, sexto lugar se somássemos todas as medalhas.
Na Europa o Barcelona foi bicampeão no Espanhol, o Leicester City venceu o Inglês, o Bayer de Munique foi tetra no Alemão, a Juventos foi penta no Italiano, o Paris Saint-Germain também levou o 4.º título seguido no francês, o Benfica foi tri em Portugal e o PSV foi bi no Holandês. A copa dos Campeões ficou com o Real Madrid, após vencer o compatriota Atlético nos pênaltis. Já a grande surpresa foi Portugal vencer a anfitriã França na Eurocopa.
Enquanto em outros países são sempre os mesmos times a ganhar, isso quando não vencem por quatro, cinco anos ininterruptos, no brasileirão a história é bem diferente.
Analisando o campeonato desse ano vamos ver que o Palmeiras campeão ocupou apenas a nona posição em 2015, já o vice Santos ficou em sétimo no ano passado, o campeão do ano anterior, o Corinthians ficou em sétimo esse ano. O Internacional que ficou em quinto em 2015 caiu pra segunda divisão, só existe um tricampeão o São Paulo e observando de 1971 até os dia de hoje, 17 times sagram-se campeões.
Enquanto o Internacional de Porto Alegre junto com Figueirense, Santa Cruz e América, caíam pra segunda divisão o arquirrival Grêmio vencia a Copa do Brasil.
A Chapecoense após o acidente não teve condições de jogar a final da Copa Sul-americana com o Atlético Nacional da Colômbia, que já era vencedor da Libertadores e num ato de nobreza acordou com a Conmebol que o título ficasse com a equipe brasileira.
O lado triste da história fica por conta dos atletas que nos deixaram esse ano, além dos repórteres, jogadores e comissão técnica da Chape vitimados no desastre aéreo em Medellín, faleceram o jogador holandês Johan Cruyff, Gaúcho que foi ídolo do Palmeiras e Flamengo, Muhammad Ali o maior boxeador de todos os tempos, Carlos Alberto Torres, o eterno Capita, dentre tantos outros.
Que 2017 possa ser mais uma vez um ano repleto de eventos esportivos aonde possamos rir, chorar, comemorar, sofrer, tirar um sarro, porém tudo sem violência, com paz e cordialidade!

                  Inibmort

17 de dezembro de 2016 at 15:00 Deixe um comentário

Posts antigos


Dabun’s Page


Desde 28/07/2.009

Estatísticas

  • 322,935 acessos