Posts tagged ‘Lista’

10 ótimas séries brasileiras para você assistir

Apesar de um certo desdém por parte dos fãs de séries e até da crítica, o Brasil tem várias produções de boa qualidade. Selecionamos aqui algumas que talvez não tenham ficado tão conhecidas quanto mereciam. A maioria já foi encerrada, mas quem se interessar ainda pode encontrar algumas delas pela internet ou em serviços de streaming.

10. O Negócio
Com 4 temporadas, a produção da HBO conta a história de garotas de programa que utilizam técnicas de marketing para se dar bem na profissão e criar a bem-sucedida empresa “Oceano Azul”.

9. Terminadores
O término de um relacionamento pode ser difícil. Às vezes até traumático. Por isso um psicanalista e uma ex-cerimonialista se juntam com o propósito de terminar relações para seus clientes. Uma produção da Band e da TNT.

8. Mothern
Essa comédia dramática produzida pelo canal GNT é baseada no dia-a-dia de quatro mães. Em meio às dificuldades da vida, elas aprendem a lidar com os problemas e a criar os filhos da melhor maneira possível.

7. Julie e os Fantasmas
Voltada para o público infanto-juvenil, é uma produção Nickelodeon em parceria com a Band. Porém, embora tivesse fãs fervorosos, a audiência não agradou e a série foi encerrada com apenas uma temporada.

6. (fdp)
Um árbitro que tem o sonho de apitar a Copa do Mundo é o personagem principal dessa série da HBO Brasil. Mostrando os dramas de sua vida extra-campo, cada episódio tem alguém chamando o árbitro de “fdp”.

5. A Menina Sem Qualidades
Nessa série dramática da MTV Brasil uma jovem aluna mantém um relacionamento com seu professor de espanhol e o chantageia com a ajuda de um amigo para que ele não termine a relação. Teve apenas uma temporada.

4. Três Teresas
Conflito de gerações é o mote dessa série produzida pelo canal GNT. Avó, mãe e filha compartilham a mesma casa e o mesmo nome, mas têm visões de mundo completamente diferentes. Teve duas temporadas.

3. Eu, Ela e um Milhão de Seguidores
Produzida pela Multishow, a série traz Rafinha Bastos e Paloma Duarte em busca da fama na internet. As bizarrices de Paloma tentando virar uma webcelebridade não chegam a causar espanto em quem já se acostumou com esse mundo virtual.

2. Magnífica 70
Ambientada no período da ditadura militar, a série conta a história de um funcionário responsável por censurar filmes que se apaixona por uma atriz de pornochanchada. Produzida pela HBO Brasil, está confirmada para sua terceira temporada.

1. 9mm: São Paulo
A série da FOX aborda o cotidiano de cinco policiais do departamento de homicídios. Além das investigações, o telespectador conhece os dramas pessoais da vida de cada um e como isso interfere no trabalho deles.

Vi no Lista 10

10 de julho de 2018 at 10:00 Deixe um comentário

10 séries de desenhos animados que são imperdíveis

Quem não gosta de um bom desenho animado? Foi-se o tempo em que eles eram apenas coisa para crianças, hoje os desenhos apresentam temáticas cada vez mais complexas e alguns batem muitas séries live-action por aí. Se você é uma dessas pessoas que adora uma boa animação, venha conferir aquelas que achamos as melhores no momento (só não tem animes, pois os fãs de anime não gostam quando chamamos de “desenho”):

10. Big Mouth
A série da Netflix explora a puberdade e os desafios da adolescência. Algumas vezes com leveza e em outras com um forte humor negro, a animação aborda muito bem temas difíceis como homossexualidade, primeira menstruação e relacionamentos. E é divertidíssima.

9. Star vs. as Forças do Mal
Se você ainda não viu, garanto que ele merece uma chance. Apesar do visual fofinho, a série trata de temas complexos e tem uma ótima história. E ainda conta com boas pitadas de humor, principalmente do co-protagonista Marco Diaz.

8. DuckTales
Se você assistiu a série original, é bem provável que torça o nariz ao se deparar com o visual repaginado dos personagens. Entretanto, vale a pena assistir, pois as histórias continuam excelentes. Ponto para a maior participação do Donald.

7. Bojack Horseman
Uma sitcom extremamente necessária para lembrar a todos que o mundo das celebridades não é o mar de rosas que aparenta ser. O protagonista, uma estrela em decadência, nos mostra (de maneira bem exagerada, é verdade) a falsidade que existe nesse meio.

6. Steven Universo
Definitivamente, a animação da Cartoon Network entrega muitas coisas ao mesmo tempo. Portanto, cuidado para não se perder no turbilhão de referências a animes, temas controversos e piadas peculiares. É o típico desenho que pode ser visto por crianças e adultos.

5. Hora da Aventura
As aventuras meio psicodélicas de Jake e Finn merecem um lugar na lista não apenas por serem muito divertidas, mas também por abordar diversos temas pesados sem nem parecer que o estão fazendo. E também porque adoramos as princesas.

4. Bob Esponja
Não é à toa que a série já ganhou filme, musical e até Emmy. Desde seu lançamento em 1999, o atrapalhado Bob Esponja continua encantando crianças e adultos com seu humor completamente nonsense. Afinal, onde mais você vê uma fogueira debaixo d’água?

3. Rick e Morty
Atualmente em sua terceira temporada, a animação do cientista bêbado que carrega o seu neto em aventuras intergaláticas e através das dimensões é considerada por muitos como o que há de melhor na TV atualmente. Tem que ficar tranquileba…

2. South Park
Mesmo após 21 temporadas South Park continua atual e extremamente divertida. Provavelmente por ser um desenho que consegue agradar tanto os amantes do politicamente incorreto quanto a galera que curte uma boa crítica social.

1. Os Simpsons
Outra série que se mantêm firme e forte, Os Simpsons sobreviveram muito bem às suas 29 temporadas e ainda não mostra sinais de desgaste. Ao que tudo indica, a família mais amarela da TV ainda terá muitos episódios pela frente.

Vi no Lista 10

3 de julho de 2018 at 10:00 Deixe um comentário

10 excelentes documentários brasileiros

Muita gente os considera demasiadamente chatos. E, definitivamente, eles estão longe de ser o tipo de filme que forma filas gigantescas nos cinemas. Mesmo assim, os documentários têm seus fãs fieis e uma produção em boa quantidade. Separamos aqui dez que foram feitos no Brasil que podem despertar seu interesse por esse maravilhoso gênero do cinema:

10. Cidade de Deus – 10 Anos Depois
Nesse documentário o cineasta Cavi Borges mostra o que mudou na vida dos intérpretes do filme dez anos após seu lançamento. O grande número de depoimentos, porém, fez com que ele só pudesse ser lançado três anos depois do esperado.

9. Maranhão 66
Nesse curta-metragem Gláuber Rocha documenta a posse de José Sarney como governador do Maranhão. Contém cenas impensáveis nos dias atuais, como a população gritando “Sarney, Sarney” e aplaudindo efusivamente sua fala sobre combate à corrupção.

8. Mamonas para sempre
O filme de Claudio Khans narra a meteórica trajetória da banda que se tornou um dos maiores fenômenos da música brasileira. A crítica deu de ombros, mas vale assistir pela nostalgia.

7. Nós que Aqui Estamos por Vós Esperamos
Nesse filme de 1999 Marcelo Masagão nos traz histórias de pequenos e grandes personagens do século 20. Sem falas, sem narração e sem linha cronológica, o documentário aborda conflitos, loucura e a banalização da vida e da morte.

6. O Prisioneiro da Grade de Ferro
Sob direção de Paulo Sacramento, o filme retrata a vida de detentos do Carandiru. O detalhe é que as cenas dentro do presídio foram filmadas pelos próprios presos. Muito bem recebido pela crítica, faturou diversos prêmios internacionais.

5. Subterrâneos do Futebol
Ótimo para quem quer entender como era o meio futebolístico 50 anos atrás. Nesse curta-metragem Maurice Capovilla mostra como havia menos glamour no futebol de antigamente, mas como o sonho de ascensão social dos jogadores era o mesmo de hoje.

4. Homem Comum
Durante 20 anos Carlos Nader acompanhou o motorista de caminhão Nilson, filmando seu cotidiano, suas relações familiares, suas alegrias e angústias. A intenção de Nader era entender como o homem comum se sentia em relação a questões complexas sobre a vida e a existência.

3. A Cobra Fumou
Dirigido por Vinícius Reis, o filme conta a história da participação do Brasil na Segunda Guerra Mundial. mesclando entrevistas com os pracinhas e imagens do Arquivo Nacional, é um documentário ótimo para quem quer entender o contexto que levou o Brasil a entrar na guerra.

2. Raul – O Início, o Fim e o Meio
Para quem é fã do Maluco Beleza, o filme de Walter Carvalho é imperdível. Conta com depoimentos de grandes nomes da música brasileira e amigos de Raul Seixas, além de vários vídeos raros do acervo familiar.

1. Ilha das Flores
Considerado um dos melhores documentários brasileiros de todos os tempos, o filme mostra, a partir de um tomate, o abismo social que existe no Brasil. Extremamente aclamado pela crítica, o curta de Jorge Furtado vale a pena ser visto.

Vi no Lista 10

7 de maio de 2018 at 10:00 Deixe um comentário

10 aplicativos e sites para você ganhar dinheiro extra no mês

Por já ter mais de 20 anos de experiência na internet e já ter visto vários tipos de negócios e promessas na internet sempre fico com receio quando surge novas maneiras de ganhar dinheiro, mas dessa vez resolvi pesquisar a fundo e reunir nessa lista os sites e apps  que valem a pena e que você consegue mesmo ganhar um dinheiro extra tanto na internet quanto fora dela, nos mais diversos tipos de negócios. Confira a seleção de oportunidades e mova-se:
.

1. SuperProf
Portal que une professores a alunos onde você pode dar aulas particulares em mais de 500 matérias (línguas, esportes, música, artes, lazer, reforço escolar) e ganhar até R$ 10 mil por mês.
[Cadastre-se grátis]
.eç

2. Monetus
Site de investimentos online que faz todo o trabalho de investir por você.
[Cadastre-se grátis]
.eç

3. Livelo
Todas as compras feitas com seu cartão viram pontos para você trocar por viagens, prêmios ou acumular milhas e vender depois.
[Cadastre-se grátis]
.eç

4. Responda Pesquisas e Ganhe por isso
Muitas empresas utilizam de questionários para entender melhor o consumidor e também avaliar seus serviços, para isso contam com aplicativos e sites de pesquisa de opinião que te pagam para responder algumas perguntas de acordo com seu perfil.
[Cadastre-se grátis]
.eç

5. Uber
Como motorista parceiro da Uber, você tem liberdade e flexibilidade para dirigir quando quiser. Crie seu próprio horário e ganhe uma renda extra ou até mesmo torne sua renda principal.
[Cadastre-se grátis]
.eç

6. AliExpress
Site onde a maioria dos produtos importados comercializados no Brasil são vendidos pela metade do preço, ideal para quem quer economizar ou comprar produtos para revenda.
[Visite o site]
.eç

7. Loja virtual grátis
Crie sua loja virtual de graça, sem complicações e sem precisar usar cartão de crédito.
[Cadastre-se grátis]
.eç

8. Max Milhas
Veja quantos pontos você tem acumulado no cartão de crédito e venda nesse site para faturar um dinheiro extra.
[Visite o site]
.eç

9. Monetizze
Divulgue em suas redes sociais, bases de e-mails, blog, site e etc os cursos online e produtos e ganhe comissões sobre as vendas que você tiver.
[Cadastre-se grátis]
.eç

10. InfoJobs
O site com mais vagas de emprego do Brasil está oferecendo cadastro gratuito do seu currículo.
[Cadastre-se grátis]
.eç

Bônus:

11. Natura
Agora você pode ganhar uma renda extra vendendo produtos Natura tanto na internet quanto em casa.
[Cadastre-se grátis]
.eç

12. Eudora
O site está aceitando novos representantes desta empresa do grupo Boticário.
[Cadastre-se grátis]
.eç

13. Aprenda como ter seu Negócio Online começando do zero
Para pessoas com espírito empreendedor que pretende ter um negócio pela internet. O curso te guia durante todo o processo, passo a passo mostrando cada etapa nos mínimos detalhes de como fazer seu primeiro R$ 1 mil na internet e assim por diante.
[Cadastre-se grátis]

Vi no Lista 10

6 de fevereiro de 2018 at 9:00 Deixe um comentário

Os 10 municípios com maior população indígena do Brasil

Segundo o último Censo do IBGE, a população indígena no Brasil é de 896.917 índios, divididos em 240 povos diferentes. Isso corresponde a cerca de 0,47% da população brasileira. A entidade afirma ainda que 324.834 desses índios vivem em cidades e 572.083 em áreas rurais. Confira então as dez cidades com maior população indígena do Brasil:

10. Marcação
A décima maior população indígena do país fica na cidade paraibana, com cerca de 5.895 índios.

9. Brasília
A estimativa do IBGE é de que 6.128 índios vivem na capital federal, o que faz dela a nona maior do país.

8. Rio de Janeiro
Com 6.764 índios a capital fluminense é a oitava maior cidade do país em população indígena.

7. Amambai
Localizada no Mato Grosso do Sul, a cidade tem uma população indígena estimada em 7.225 pessoas.

6. Salvador
A capital baiana abriga 7.563 índios, o que faz dela a sexta maior cidade do país no quesito.

5. Campinápolis
7.621 índios tornaram a cidade mato-grossense a quinta colocada no ranking de população indígena.

4. São João das Missões
A cidade mineira é a quarta maior do país em número de habitantes, com 7.936 índios.

3. Pesqueira
A terceira maior população indígena fica na cidade de Pesqueira, em Pernambuco. 9.335 índios moram no local.

2. São Paulo
12.977 habitantes fazem da capital paulista o segundo maior município com população indígena do Brasil.

1. São Gabriel da Cachoeira
O município, localizado no estado do Amazonas, é o que concentra o maior número de índios no país, com 29.017 habitantes.

Vi no Lista 10

26 de dezembro de 2017 at 9:00 Deixe um comentário

10 consoles e portáteis que não fizeram muito sucesso

Quem gosta de video-games já viu muitos consoles e portáteis criarem uma enorme expectativa no público e falharem miseravelmente. Outros, ainda, fracassam sem nem mesmo terem seus nomes conhecidos. Sendo gamer ou não, conheça dez desses que poderiam ter sido um sucesso de vendas, mas não chegaram a passar de fase:

10. PSX
Também conhecido como Playstation X, foi lançado pela Sony no Japão em 2003. O console acumulava diversas funções, como gravador de DVD, reprodutor de músicas e até editor de vídeo. Mas nunca chegou a empolgar e em 2005 teve sua produção descontinuada.

9. Gizmondo
Apesar de ser bem moderno para a época, o portátil lançado em 2005 fracassou graças à estratégia errada de distribuição (ele só podia ser adquirido em quiosques próprios) e os pouquíssimos jogos disponíveis (apenas 14). No total, vendeu míseras 25 mil unidades.

8. Nomad
Foi a tentativa da Sega de criar um portátil em 1995. O problema é que ele ficou grande e pesado, porém com uma tela pequena. Para piorar, não era tão portátil assim, já que ele consumia pilhas muito rápido, fazendo com que muitos jogadores preferissem utilizá-lo na tomada. Vendeu 1 milhão de unidades.

7. Panasonic Q
Criado pela Panasonic em parceria com a Nintendo, esse console transformou o Gamecube em um aparelho que, além de rodar jogos, também era capaz de reproduzir DVDs, CDs de áudio, MP3s, dentre outras funções. Não chegou a vender 100 mil unidades em seus dois anos de vida.

6. Wii U
Apesar de ter vendido 14 milhões de unidades, a intenção da Nintendo era que ele superasse as 101 milhões de vendas do Wii. Logo após sua apresentação, porém, o mercado não se animou e as ações da Nintendo caíram 5,7%.

5. Lynx
O produto da Atari surgiu em 1989 como um concorrente do primeiro Game Boy mas, apesar de ter configuração superior, não foi capaz de fazer frente ao portátil da Nintendo.

4. XaviXPORT
É verdade que o Nintendo Wii revolucionou os games com seus controles por movimentos, mas vale ressaltar que o XaviXPORT foi o primeiro a utilizar o conceito. Porém, mesmo sendo lançado dois anos antes do Wii, não chegou nem perto de fazer o mesmo sucesso.

3. Pippin
Fruto de uma parceria entre Apple e Bandai, o console foi apresentado ao público em 1995. Apesar de ser moderno e contar com um modem, não chegou a empolgar, já que era difícil navegar na internet com ele. Também teve poucos títulos disponíveis.

2. N-Gage
Lançado em 2003, o aparelho da Nokia funcionava como celular e como console, mas era terrível em ambos. Além da falta de bons jogos, era necessário retirar a bateria para poder trocar o cartucho. Além disso, era incrivelmente bizarra a maneira de utilizá-lo para conversar.

1. Zeebo
Em 2009 a Tectoy lançou o console originalmente brasileiro, que foi um dos primeiros a não utilizar nenhum tipo de mídia física para a comercialização de jogos. Porém, o projeto não decolou e acabou sendo encerrado dois anos depois.

Vi no Lista 10

11 de dezembro de 2017 at 9:00 Deixe um comentário

10 empresas que começaram em garagens

Muitas empresas de sucesso tiveram um começo bem humilde. Se hoje elas faturam bilhões anualmente, essa era uma realidade bem distante quando elas foram fundadas. Conheça, então, dez grandes empresas que iniciaram sua jornada em garagens e hoje são exemplos para qualquer empreendedor:

10. Amazon
A maior varejista online do planeta foi fundada em 1994, quando Jeff Bezos largou seu emprego em Wall Street para investir naquela tal de internet que estava começando na época. Ele comandava toda a operação na garagem de sua casa e marcava reuniões com clientes na livraria Barnes & Noble.

9. Grow
A famosa fabricante de jogos de tabuleiro nasceu em uma garagem no bairro da Mooca, em São Paulo. Com o sucesso de War, Super Trunfo e outros jogos, a empresa cresceu e se tornou uma das gigantes do setor de brinquedos no Brasil.

8. Dyson
Na tentativa de criar um aspirador de pó com melhor desempenho, James Dyson passou 5 anos trabalhando em sua garagem. Após 5.127 protótipos, o britânico chegou onde queria e hoje sua empresa fatura mais de 2 bilhões de dólares anualmente.

7. Lukscolor
Domingos Potomati, então com 23 anos, era um pintor de carros de luxo que tinha o sonho de ter sua própria fábrica de tintas. Em 1949 ele inaugurou a Oxford, sua sonhada fábrica, que funcionava em sua garagem. Em seguida a marca mudou de nome para Luxforde e, posteriormente, Lukscolor.

6. HP
Bill Hewlett e David Packard ainda eram estudantes na Universidade de Stanford quando se conheceram, em 1934. Já em 1939 eles abriram sua empresa em uma garagem em Palo Alto, California, com apenas 538 dólares. Um de seus primeiros clientes foi a Walt Disney Company.

5. L’Occitane
A marca de cosméticos surgiu em 1976, quando o jovem estudante Olivier Baussan transformou sua garagem em uma destilaria, com a finalidade de produzir óleo de alecrim. Seu produto era vendido em feiras e teve uma aceitação tão grande que a empresa começou a crescer rapidamente.

4. Oakley
A fabricante de óculos esportivos foi fundada em 1975, por Jim Jannard. Ele investiu 300 dólares para iniciar a operação na garagem de sua casa e deu esse nome à empresa em homenagem ao seu cão.

3. Arezzo
A tradicional marca de calçados foi fundada em 1972 pelos irmãos Anderson e Jefferson Birman, que na época produziam cerca de 50 pares de sapatos por semana na garagem de sua casa. O nome da empresa remete à uma cidade italiana e foi escolhido ao acaso, apontando para um mapa.

2. Mattel
Foi criada em 1945, na California, na garagem do casal Elliot e Ruth Handler. Ruth havia acabado de criar a boneca que se tornaria sensação mundial e que recebeu o apelido da filha do casal: Barbie.

1. Apple
Em 1976 Steve Wozniak, Steve Jobs e Ronald Wayne fundaram a Apple Computers INC., na cidade de Los Altos, na California. O nome da empresa foi inspirado por uma visita de Jobs a uma fazenda de maçãs, quando ele ainda fazia dieta frutarianista.

Vi no Lista 10

4 de dezembro de 2017 at 10:00 Deixe um comentário

Posts antigos


Dabun’s Page


Desde 28/07/2.009

Estatísticas

  • 369,966 acessos